Mecânica Quântica

Teoria e Prática

Antes de tirar conclusões devemos analisar e buscando a compreensão de diversas bases, uma delas é a lógica e estudos fundamentados em ciência, fatos e comprovações, para que não sejamos enganados por falsos silogismos e teorias não comprovadas, não afastando as possibilidades, apenas analisando-as a partir da razão e de forma imparcial. Se Deus criou e impôs regras ao univerrso, não são os loucos que as explicarão,  mas pessoas que comprovam sua infinita sabedoria, os fatos embora os seres humanos ainda estejam além do conhecimento perfeito, o conhecerá através da ciência e não de outro modo que não seja o estudo sério, fundamentado e na comprovação, já aqueles de menor que carecem de sabedoria, acreditarão em qualquer coisa, e do outro lado tolos também negarão fatos, escondendo-se atrás de sua ignorãncia dirão que não há prova cientifica quando elas lá estarão, pois ou não as conhecem ou não as compreendem, ao homem não é dado o poder de conhecer tudo, alguns pensam poder saber e falar de tudo, por este motivo do que falam pouco se aproveita.

Silogismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Um silogismo (do grego antigo συλλογισμός, “conexão de idéias”, “raciocínio”; composto pelos termos σύν “com” e λογισμός “cálculo”) é um termo filosófico com o qual Aristóteles designou a argumentação lógica perfeita, constituída de três proposições declarativas que se conectam de tal modo que a partir das primeiras duas, chamadas premissas, é possível deduzir uma conclusão. A teoria do silogismo foi exposta por Aristóteles em Analíticos anteriores.

Num silogismo, as premissas são um ou dois juízos que precedem a conclusão e dos quais ela decorre como consequente necessário dos antecedentes, dos quais se infere a conseqüência. Nas premissas, o termo maior (predicado da conclusão) e o termo menor (sujeito da conclusão) são comparados com o termo médio, e assim temos a premissa maior e a premissa menor segundo a extensão dos seus termos.

Um exemplo clássico de silogismo é o seguinte:

Todo homem é mortal.
Sócrates é homem.
Logo, Sócrates é mortal.

There are no comments on this page.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: