História do Yiquan

Wang Xiangzhai

Wang Xiangzhai

Durante séculos, a arte marcial chinesa permaneceu a mesma, mas no meio o século 19º isso mudou sob o impulso do grande mestre Guo Yun Shen, chamado de “conquistador do meio mundo”, era o maior perito do seu tempo em Xingyiquan (boxe da unidade corpo e mente). Enfatizou o Zhan Zhuang e simplificou os movimentos, então transmitiu a sua arte a Wang Xiang Zhai, seu melhor discípulo.

Wang Xiangzhai (1886-1963), também conhecido como Nibao, Zhenghe ou Yuseng (Monge do Universo) era um dos melhores estudantes de Guo Yunshen famoso mestre de Xingyiquan (hsing-i ch’uan). Provavelmente apenas Wang Xiangzhai aprendeu todos os segredos dos exercícios do Zhan Zhuang de Guo Yunshen, exercícios os quais, vieram a se tornar posteriormente os elementos mais característicos do Yiquan. Em 1907 Wang deixou seu lar, e procurando por trabalho, finalmente se juntou ao exército. Inicialmente ele era apenas um ajudante na cozinha. Mas quando um dos oficiais descobriu o quanto ele era habilidoso em combate, foi designado como instrutor de arte marcial. Em 1913 ele se tornou famoso por derrotar Li Ruidong, fundador do estilo Li de Taijiquan, que era o instrutor da guarda presidencial. No mesmo ano Wang tornou-se comandante do Departamento de Combate Desarmado de Forças de Terra. Ele designará outros instrutores de mesma fama mestres do circulo de xingyi/bagua como: Sun Lutang (mestre de Xingyiquan e Baguazhang, fundador do estilo do Sun de taijiquan), Shang Yunxiang (fundador do estilo Shang de Xingyiquan), Liu Wenhua (filho de Liu Qilan que junto de Guo Yunshen foi aluno de Li Luoneng).Em 1915 Wang derrotou Zhou Ziyan, mestre do estilo Louva-Deus que então se tornou aluno de Wang. Em 1918, por causa de mudanças políticas, o Departamento de Combate Desarmado do Exército de Terra suspendeu seu funcionamento. Wang foi em seguida para o Sul procurar por grandes mestres de artes marciais. Primeiro ele foi ao Templo Shaolin onde estudou Xinyiba (um sistema conexo ao Xingyiquan) do monge Henglin (também conhecido como Changlin ou Xianglin – posteriormente Doshin So, fundador do Shorinji Kempo, estudou com o mesmo monge). Na província de Hubei Wang estudou com o excêntrico mestre Jie Tiefu (Che Dahuza). Na província de Fujian ele foi novamente designado como instrutor de arte marcial no exército da província. Desta vez ele conheceu os mestres do estilo Garça Branca do Sul – Fang Qiazhuang e Jin Shaofeng. Voltando para o norte ele conheceu o famoso mestre de Xinyi – Huang Muqiao, de quem ele aprendeu a “dança da saúde”. Em Xi’an ele encontrou um mestre famoso por seus chutes rápidos Liu Peixian. Ele estudou também Baguazhang com Liu Fengchun e conheceu os mestres de taijiquan Yang Shaohou e Yang Chengfu. Estes são apenas alguns dos mestres com quem Wang estudou ou trocou experiências.

Por volta de 1925, enquanto ensinava xingyiquan, Wang notou que seus estudantes estavam dando muita atenção a forma exterior, a um determinado conjunto de técnicas, e muito pouco ao aspecto mental. Então ele começou a empregar mais amplamente os exercícios do zhan zhuang e outros métodos de treinamento similares aqueles utilizados atualmente no yiquan/dachengquan, e colocando menos ênfase na prática de formas. Ele mudou o nome do sistema para Yiquan, descartando o elemento Xing (forma). A história do novo sistema começou deste ponto. O primeiro estudante de yiquan em Beijing foi Qi Zhidu. Em Tianjin juntaram-se: Zhao Enqing (Zhao Daoxin – o vencedor do torneio de luta livre de Todos Esportes de Competição da China; também famoso por derrotar o pugilista Andersen da Noruega, tendo incômodos chinelos nos seus pés; fundador da versão de Xinhuizhang, grandemente baseado no baguazhang), Gu Xiaochi, Ma Qichang, Deng Zhisong, Miao Chunyu, Zhang Zonghui, Zhang Entong (quem, em 1950s derrotou o peso pesado chinês de luta livre o campeão Zhang Kuiyuan que depois disto começou a estudar yiquan), Qiu Zhihe, Zhao Fengyao, Zhao Zuoyao.

Em 1928, junto com seus estudantes Zhao Enqing e o mestre de Xingyiquan de Tianjin, – Zhang Zhankui, Wang foi para Hangzhou onde foi o árbitro do torneio de luta livre do torneio de Todos Esportes de Competição da China e também demonstrou métodos de treinamento de yiquan. Seu estudante Zhao Enqing (depois conhecido como Zhao Daoxin) ganhou o torneio. Então Wang foi convidado para Shanghai onde fundou a Sociedade de Yiquan. Depois da luta de Wang com o húngaro Inge campeão mundial de boxe peso leve de 1950, (inclusão posterior desta luta foi publicada em Londres no “Times”) o yiquan se tornou bem conhecido. Aqueles que se tornaram estudantes de Wang neste período foram: You Pengxi (o fundador de versão de kong jin; que em idade avançada emigrou para os E.U.A. ensinando na Califórnia (morreu em 1983), Gao Zhendong, Zhu Guolu, Zhu Guozhen, Bu Enfu (o campeão chinês de lutas de boxe e shuai-jiao), Zhang Changxin (o vencedor do torneio de boxe em Shanghai), Zhang Changyi, os irmãos Han Xingqiao e Han Xingyuan, Wang Shuhe, Ma Jianzhao, Ning Dachun.

Han Xingqiao, Zhao Daoxin, Zhang Changxin e Gao Zhendong ficaram famosos em Shanghai como “os quatro guerreiros de diamante”. Wang escreveu o primeiro tratado de yiquan: “O Caminho Correto do Yiquan” Naquele momento o Yiquan de Wang Xiangzhai já era bastante diferente do que foi ensinado por outros mestres de Xingyiquan. Wang em seu trabalho critica alguns conceitos populares nos círculos de Xingyiquan, mas muitas de suas idéias ainda eram baseadas em conceitos tradicionais aos quais ele se rendeu anos depois. Em algumas fontes de Xingyiquan o termo “escola natural” de Xingyiquan é usado com referencia aos ensinamentos de Wang do período de Shanghai.

Um dos banqueiros de Shangai propôs que Wang organiza-se um time que iria por uma tournée mundial para demonstrar o poder da arte marcial chinesa. Mas em seguida perturbanções políticas ocasionaram alguns problemas e o banqueiro abandonou esta idéia. Durante a permanência de Wang em Shanghai ele se encontrou com Wu Yihui – um mestre de Liuhebafa a quem ele descreveu como um dos três maiores mestres que ele conheceu durante suas viagens por toda a China (os dois outros eram Jie Tiefu e Fang Qiazhuang, já mencionados acima).

Em 1935 Wang Xiangzhai, juntamente com seus estudantes Bu Enfu, Zhang Entong, Zhang Changxin e Han Xingqiao mudaram-se para a casa de Wang na vila Shen. Lá eles se concentraram no treinamento e estudo da teoria da arte marcial. A maioria dos métodos de treinamento usados atualmente no Yiquan foram desenvolvidos e aperfeiçoados naquela época. Eles tinham provado que com estes métodos os estudantes estavam fazendo progresso muito mais rapidamente.

Em 1937 Wang se mudou para Beijing. Ele ensinou yiquan e aprimorou ainda mais a teoria do sistema. Hong Lianshun, mestre de Xingyiquan e Tantui era muito famoso em Beijing naquele época. Quando Hong ouviu falar da habilidade incrível de Wang ele foi desafia-lo. Depois que Hong foi derrotado e se tornou aluno de Wang seus alunos passaram conjuntamente para Wang. Entre eles estava Yao Zongxun (1917-1985), que se tornou posteriormente o sucessor de Wang. Os outros estudantes de Wang deste período de Beijing eram: Dou Shiming (quem uma vez com um soco derrotou Gao Yanwang, o guarda-costas do general Fu Shuangying), Dou Shicheng, Li Yongzong, Yang Demao, Zhang Zhong, Zhang Fu, Wang Binkui, Yang Shaoqing, Li Wentao, Li Jianyu, Wang Shichuan, Jiao Jingang, Ao Shuopeng, Ao Shuohong, Tong Guocao.

Em 1939 Wang publicou no jornal “Shibao” um texto no qual ele convidou todos os mestres de artes marciais para trocar experiências e idéias. Os convidados geralmente queriam comparar suas habilidades com Wang. Wang tinha escolhido quatro estudantes que lutariam em seu lugar: Han Xingqiao, Hong Lianshun, Yao Zongxun e Zhou Ziyan. Somente depois de derrotar um deles o convidado lutaria com Wang, mas nenhum obteve sucesso.

Em 1940 em Tókio aconteceu um grande festival de artes marciais no qual também participou um grupo chinês. Alguns mestres chineses colaborando com os japoneses foram até lá. O chefe do grupo tentou persuadir Wang Xiangzhai a quem ele considerava o maior dos mestres, a participar. Wang recusou. Mas como durante o festival, os chineses falaram muito sobre Wang Xiangzhai, logo após muitos japoneses começaram a ir para Beijing para visitar Wang. Muitos deles desafiaram Wang, e todos foram derrotados. Muitos deles queriam se tornar alunos de Wang, mas apenas um foi aceito – ele era Kenichi Sawai que depois criou a sua versão do yiquan conhecido no Japão como taiki-ken (Sawai era um dos mais famosos mestres de artes marciais no Japão, ele era consultor de Masutatsu Oyama, fundador do caratê kyokushin). Embora Sawai fosse estudante de Wang, geralmente ele aprendia de Yao Zongxun.

Em 1941 Wang apresentou seus seis melhores estudantes com nomes honorários, expressando deste modo sua alta opinião sobre suas habilidades. Zhao Enqing recebeu nome Daoxin, Han Xingqiao – Daokuan, Bu Enfu – Daokui, Zhang Entong – Daode, Zhao Fengyao – Daohong. Yao Zongxun, entretanto o mais jovem e aprendendo yiquan por tempo mais curto do que outros, mostrou incríveis habilidades de aprendizado e recebeu o nome Jixiang, significando que ele seria o sucessor de Wang Xiangzhai (ji – continuar, xiang – parte do nome de Wang Xiangzhai). Wang também presenteou Yao com um leque com caligrafia que é a evidência clara que Yao foi designado como o principal sucessor de Wang.

Yao Zongxun provou sua habilidade em muitas lutas, freqüentemente lutando no lugar de Wang Xiangzhai quando alguém o desafiava. Em 1940s ele também lutou muitas vezes com gangues de rua, numerosas naquela época em Beijing. Deste modo ele adquiriu muita experiência em combate real.

O Yiquan já era um sistema completamente separado do xingyiquan. Os estudantes de Wang sugeriram um novo nome: dachengquan (arte marcial perfeita) Wang se opôs, porque o nome sugeria que era um sistema perfeito, e ele mantinha que não havia nenhum limite para aperfeiçoar a arte marcial. Mas como sua resistência não fora suficientemente forte, o nome foi usado durante alguns anos e por alguns é usada até agora. Mas a maioria dos estudantes de Wang depois de certo tempo começaram a usar o nome de yiquan novamente.

Wang escreveu o segundo trabalho sobre a teoria de seu sistema: “O Eixo Central do Caminho do Punho” que também é conhecido como “Teoria do Dachengquan.”Ele era até certo ponto baseado no primeiro livro” ” Caminho Correto do Yiquan”. Mas Wang se rendeu completamente a muitas idéias tradicionais. Os métodos de treinamento eram baseados em diferentes conceitos. Métodos novos possibilitaram alcançar os mesmos ou melhores resultados mais facilmente e num tempo mais curto.

Wang naquela época ensinou pessoalmente apenas seus antigos estudantes, direcionando todos os recém-chegados para Yao Zongxun. Na metade de 1940s Wang começou colocar mais atenção ao aspecto da saúde dos exercícios de Yiquan. Ele ensinou pessoalmente o grupo de “saúde”. Alguns estudantes deste grupo eram: Chen Haiting, Qin Zhongsan, Yu Yongnian, Bu Yukun, Mi Jingke, Sun Wenqing, Zhang Yuheng, Qi Zhenglin e a filha de Wang Xiangzhai – Wang Yufang. Em 1947 este grupo que praticou no Templo dos Antepassados (o qual atualmente ë o Palácio de Cultura dos Trabalhadores) teve aproximadamente 100 membros. Muitos deles foram capazes de curar algumas doenças que não poderiam ser curadas de outro modo. A eficiência terapêutica e a falta de efeitos colaterais destes exercícios foram posteriormente provadas cientificamente.

Depois de 1949 a situação não era favorável para praticantes de yiquan como uma arte de combate. Embora em 1950 Wang fosse designado como vice-presidente da divisão de wushu do Comitê de Cultura Física de Toda a China, ele logo o deixou. Nos anos seguintes ele ensinou quase completamente a versão para a “saúde”. O grupo de “saúde” mudou-se para o Parque do Sol do Yatsen e poderia praticar livremente.

pacientes treinando zhan zhuang

pacientes treinando zhan zhuang

Yu Yongnian apresentou às autoridades um relatório sobre os valores terapêuticos dos exercícios zhan zhuang, o qual resultou na introdução deste método em muitos hospitais por toda a China.

Também foi pedido a Wang Xiangzhai para ensinar em hospitais. Em 1958 ele foi apontado para o Instituto de Pesquisa de Medicina Chinesa Beijing. Em 1961 ele se transferiu o para Hospital de Medicina Chinesa em Baoding, na província de Hebei. Wang direcionou o grupo de “saúde” para Yao Zongxun que também ensinou a versão “combate” para alguns estudantes selecionados. Em 1962 Wang participou da conferência de qigong onde ele executou alguns exercícios que foram apreciados com grande interesse.

Ele faleceu no dia 12º de julho de 1963 em Tianjin.

Enquanto que a versão “saúde” poderia ser praticada livremente, o desenvolvimento do sistema de “combate” enfrentou muitos obstáculos. Ele foi praticado apenas em círculos muito pequenos. O período da Revolução Cultural (1966-1976) foi particularmente difícil. Yao Zongxun com foi enviado com sua família para trabalhar no interior. Até mesmo neste período extremamente desfavorável ele continuou praticando e ensinando seus filhos – os irmãos gêmeos Yao Chengguang e Yao Chengrong. Ao final de 1970 Yao voltou para Beijing em uma atmosfera mais favorável para começaram a difundir o yiquan amplamente. Ele também trabalhou com cientistas na adaptação dos métodos de treinamento do yiquan para várias disciplinas do esporte. Em 1984 ele criou Associação de Pesquisa de Yiquan de Beijing, e se tornou seu primeiro o presidente.

Atualmente o yiquan pode se desenvolver livremente na China e esta gradualmente se tornando uma das mais populares artes marciais chinesas.

O Yiquan é ensinado como uma arte de combate real, mas competições de tui shou (empurrar com as mãos) e san shou (luta livre) também estão sendo organizadas.

Separadamente do sistema completo do yiquan, a versão de “saúde” também é muito popular. Alguns dos mais famosos experts desta versão são: Yu Yongnian, Wang Yufang (a filha de Wang Xiangzhai) e Sun Changyou (aluno de Yao Zongxun).

There are no comments on this page.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: